16831862_258109184638360_1472324540647786321_n

VOCÊ SABE LIDAR COM SUAS EMOÇÕES?

VOCÊ SABE LIDAR COM SUA EMOÇÕES?
-Vou formular melhor a pergunta e você ai , seja sincero consigo mesmo:
Você consegue controlar suas emoções? ( responda para si)

Se diz que consegue o tempo todo, então preciso lhe dizer que deve estar muito estressado e de alguma forma sofre muito com isto.
Desde que nascemos nossos pais nos incentivam a buscar o controle das emoções: choro , desejos , dor, recebemos um impacto do poder da palavra NÃO.
Descobrimos que não podemos tudo , para a criança é como uma linha invisível onde, ela têm que entender seus limites dentro destes aspectos, as vezes isto vêm com palmadas ou pior com violência física e para mim a mais traumática a violência verbal
Ficam as marcas e traumas infelizmente como Psicanalista afirmar que isto é acontece não só aqui mas todo o mundo, sim estou afirmando que isto aconteceu de alguma forma e intensidade com todos nós.
Não existe uma escola que forma pais e mães , que lhes educa a ser educadores de indivíduos livres, por sua vez estes, são frutos de sua experiência e cultura e não me engano ao afirmar que são fruto do momento mundial que vivem.
Talvez neste momento você veja seus sentimentos e emoções como um rio, ou melhor como um mar revolto , e você se frustre ou se culpe por não conseguir ter controle e paz.
E Paz é uma coisa boa a ser buscada, concorda?
Então preciso lhe dizer com muito carinho ,por pior que pareça o maior problema é exatamente a barreira que você quer colocar em suas emoções é quase como uma alta sabotagem , você não se permite chorar pois acha que isto vai lhe enfraquecer, não se permite sorrir pois acha que não merece ser feliz, não se permite amar pois acha que talvez isto não mereça, e a minha pergunta como psicanalista é:
-Por que não?
Faz como uma criança que enche a mão de areia de praia e leva correndo para a mamãe e quando chega lá a areia escorreu por entre os dedos, sobraram apenas alguns grãos e você volta e enche novamente e volta novamente…
É tempo de amadurecer, sim você pode ser maduro em muitos aspectos em sua vida , não sei sua profissão talvez seja muito bem realizada(o) em vários aspectos em sua vida mas não sabe lidar com as suas emoções, talvez esconda as lágrimas e dores de todos, mas sofre só, enfim possui uma vida dupla ,e isto é muito duro!
No aspecto da maturidade emocional , ainda não conseguiu sair de casa, volta e meia é o mesmo filho ou filha , que tropeça machuca o joelho e os pais dizem:
-Não chore, levante!
É bom ser durão? Temos que ser em muitos momentos, não se engane, mas temos limites, somos apenas e maravilhosamente humanos.
Na Psicanálise sabemos que temos um repositório das emoções e sensações, fica tudo armazenado em nosso INCONSCIENTE: Emoções, lembranças, sentimentos, dores, angustias, mesmo talvez aquilo que você faz questão de esquecer, inclusive Lembranças, desde a fase mais remota de sua infância.
Este “material” fica armazenado , reprimido e recalcado, mas volta e meia aflora e nós e então nos surpreendemos com o aspecto que elas têm quando são verbalizadas, ficamos surpresos com nós mesmos, ele influencia no que somos e naquilo em que nos tornamos.
Para você entender melhor, este material pode acabar por ser tornar algum tipo de Neurose , se mostrando em diversos tipos de transtornos , ou quando o vidro quebra de nosso mundo de ilusão e conhecemos a depressão, quando chega aqui neste ponto, não existe mais como você fugir.
A boa notícia é que na vida não existe controle, quando você entende isto começa a lidar melhor com a ansiedade, outra boa notícia é que não existe lei contra chorar, sorrir, amar, sofrer.
Freud foi perguntado se atendia crianças, respondeu que sim ele atendia ” crianças o tempo todo” , ele queria dizer que seus pacientes na totalidade adulta , traziam suas crianças mal resolvidas.
Que tal?

 

Texto de:

André Belotti – Psicanalista Clínico O.N.P 1234816

Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Psicologia Clínica – voltado para a Psicanálise.

Posted in Notícias da Pós.