Os desafios para Profissionais em Finanças em 2017.

Gestão em Finanças

 

 

 

Conforme pesquisa elaborada pela empresa RH Robert Half para o Guia Salarial 2017 os profissionais da área de Finanças terão desafios para esse ano de 2017. 

 

 

 

“AUMENTA A PRESSÃO SOBRE OS PROFISSIONAIS DE FINANÇAS Nos momentos em que o mercado encontra-se mais restritivo e desafiador, cresce a importância da área de finanças para que a empresa consiga alcançar as metas planejadas. O controle de custos deve ser ainda mais rigoroso, as análises financeiras e o processamento dos dados mais criteriosos, a fim de que a direção executiva possa tomar decisões com base em informações confiáveis. Tudo isso aumenta a pressão sobre os profissionais da área. Segundo pesquisa da Robert Half* , as principais preocupações dos CFOs para 2017 são acompanhar as mudanças tecnológicas da área (42%), estar em conformidade com as demandas regulatórias e de compliance (26%), fazer a gestão de um grande volume de dados (13%) e atender a padrões de relatórios de finanças e contabilidade (13%). Noventa e cinco por cento deles estão receosos com a capacidade de suas equipes de executar as iniciativas no próximo ano, pois afirmam que há falta de conhecimento técnico e investimentos na área de finanças, além de resistência à mudança.

Nesse cenário, surge a demanda por um novo perfil de profissional. Até então, o analista, por exemplo, tinha um papel muito mais operacional dentro das estruturas. Hoje, espera-se que ele seja mais estratégico, pense no negócio como um todo, estude mais sobre legislação, seja capaz de gerar economia e atuar de forma estratégica junto à equipe comercial. Para os cargos de média gerência é importante que o profissional esteja aberto a assumir mais responsabilidades, já que ele deverá acumular funções estratégicas e transacionais.

Encontrar o candidato com o perfil desejado está mais difícil: quase 100% dos participantes da pesquisa consideram a tarefa desafiadora. As principais lacunas estão nas áreas contábil e fiscal, tesouraria e planejamento financeiro. Para os CFOs há, principalmente, uma demanda maior que a oferta, escassez de especialistas e falta de habilidades de negociação”.

Fonte: Guia Salarial 2017 RH Robert Half

Posted in Notícias Externas.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>