1390600_739092772785736_1084250511_n

5 dicas para elaborar uma prova objetiva

Saber preparar boas provas também é característica de um professor competente. Por mais que existam vários métodos diferentes de avaliação, o objetivo de uma prova deve ser estimular a capacidade de análise e reflexão do aluno, e não verificar se o mesmo decorou o conteúdo.

Isso ainda é muito comum, mesmo que esta não seja a intenção do professor, principalmente nas provas objetivas, ou de múltipla escolha. A seguir, confira algumas dicas que podem ajudar a elaborar este tipo de avaliação.

Pegadinha não

As tais pegadinhas devem ser evitadas, pois a confusão que elas causam podem prejudicar a todos os alunos, mesmo os que de fato sabem o conteúdo. Além disso, o enunciado deve conter todas as informações necessárias e apresentar um único problema para que o aluno consiga responder corretamente.

Proposições

No enunciado também é preferível utilizar proposições positivas, evitando o uso de termos como “errado”, “exceto” ou “nunca”. Esse tipo de termo deve aparecer somente quando for necessário.

Alternativas

O ideal é que cada questão tenha pelo menos 4 alternativas, sendo que cada uma deve ter uma quantidade de texto similar. Durante a realização do teste, uma alternativa mais extensa pode induzir o aluno a considerá-la correta.

Pesquisa

O professor também precisa estudar para elaborar uma prova. A pesquisa é fundamental, e o teste deve se ater a temas e conceitos da atualidade. A avaliação também precisa ser equilibrada com questões mais fáceis, mais difíceis e intermediárias.

Análise

Lembre-se que o teste é uma ferramenta para que o professor também encontre as dificuldades dos alunos. Preste atenção se há erros frequentes na avaliação, isso pode ser sinal de que aquele conteúdo precisa ser revisto.

Fonte: http://blog.sponte.com.br/5-dicas-para-elaborar-uma-prova-objetiva/

Posted in Notícias Externas.